Essa animação pode te ajudar a encarar a demissão

Piper

No ano passado, fui ao cinema assistir a Procurando Dory e fiquei encantado com Piper, curta-metragem exibido antes do filme. A animação foi produzida pela Pixar e conquistou o Oscar de melhor curta animado este ano.

Ele conta a história de um pequeno pássaro, Piper, que se depara com a necessidade de se alimentar sozinho e encontra dificuldades de lidar com o mundo fora do seu ninho. Frente às adversidades, Piper desenvolve, através de um aprendizado com outros animais, uma belíssima estratégia para otimizar a busca por alimentos na areia e atingir seu objetivo de forma mais eficiente.

Antes de começar nossa analogia, te convido a assistir a esse curta não com uma visão reducionista do fenômeno demissional, mas como uma proposta de mudança de olhar sobre a demissão e como a história de Piper pode inspirar a autoconfiança diante das dificuldades.

 

O desafio de sair da zona de conforto

piper_1 Essa animação pode te ajudar a encarar a demissão

Quando eu vi o curta pela primeira vez, fui tocado rapidamente por uma identificação com os sentimentos de Piper. E o primeiro deles foi o medo da mudança. A mãe de Piper decide que é a hora dele sair do ninho e encoraja-o a buscar o seu próprio alimento. Piper passa então a conhecer como funciona a vida fora do seu ninho e, aos poucos, se dá conta das adversidades que o cercam.

Quando enfrentamos a demissão, o primeiro desafio é sair da zona de conforto. Assim como aconteceu com Piper, a demissão (por mais conveniente que algumas pareçam ser) nos tira de um lugar confortável, de um ambiente seguro e nos lança para um espaço desconhecido, para um terreno fértil, onde poderemos nos descobrir e trilhar novos caminhos.

A estadia na zona de conforto muitas vezes é fruto de um somatório de sentimentos silenciosos e prejudiciais, como a baixa autoestima, a sensação de incapacidade de lidar com mudanças ou o medo de perder o controle da situação. E a temida demissão nos faz encarar todas essas sombras que estavam adormecidas sob à proteção da zona de conforto.

Voltando para Piper… Ao ter a alimentação materna interrompida, ele não vê outra possibilidade senão a de buscar sozinho o seu próprio alimento. É nessa jornada que ele nos dá algumas lições.

 

Contra onda forte é preciso persistência e coragem

Quando Piper tenta acompanhar os outros pássaros na busca por alimento, ele é surpreendido por uma onda forte e o resultado é desastroso.

piper_1 Essa animação pode te ajudar a encarar a demissão

Traumatizado com a primeira atribulação, Piper demonstra o medo de se machucar mais uma vez com as ondas do mar. Motivado e incentivado por sua mãe, ele persiste e enfrenta novamente os perigos do mar, voltando a sua busca por alimento.

O que acontece com muitas pessoas que sofrem com a demissão é uma sequência de frustrações na busca por recolocação no mercado de trabalho. Normalmente, nós levamos muitos não, ou pior, sofremos com o silêncio das empresas, após o envio do currículo ou depois de participar do processo de seleção. Piper nos ensina que, por maior que sejam as adversidades e os nossos desapontamentos das expectativas que criamos, a persistência é um elemento fundamental para conquistarmos nosso objetivo.

E para persistir é preciso coragem. Coragem para vencer, sobretudo, as nossas próprias limitações e os nossos medos. Coragem para despertar, ante às incertezas da vida, a motivação de conseguir o que se deseja. Coragem para sair da cama todos os dias com mais fé e atitude do que o dia anterior. Coragem para transformar as lágrimas em suor. Coragem para aceitar e aprender com cada não. E coragem para construir e percorrer a própria jornada, aquela que te levará ao teu lugar.

 

Mude o seu olhar sobre a situação e aprenda com o outro

Piper, ainda receoso de sofrer com as ondas, conhece os caramujos e passa a observá-los. Ele percebe que, diferente dos pássaros, os caramujos não correm das ondas, mas escondem-se na areia e esperam a onda passar sobre eles. E, quando a onda passa, os caramujos encontram rapidamente a comida que precisam.

Ao analisá-los, Piper é surpreendido novamente por uma onda, mas dessa vez, imita os caramujos e enterra-se na areia e, ao abrir os olhos, consegue ver dentro da água e com clareza onde se escondem suas comidas. Após a passagem da onda, Piper sabe exatamente onde estão suas comidas, otimiza a sua busca e compartilha os alimentos com sua mãe e os outros pássaros.

piper_1 Essa animação pode te ajudar a encarar a demissão

Com essa atitude, podemos refletir sobre as diversas possibilidades que temos ao enfrentar uma situação adversa. O que, a princípio, Piper enxergava como uma onda forte e temerosa, passou a ser um meio de encontrar mais rapidamente o que buscava. A demissão muitas vezes é como essa onda forte que nos assusta, nos tira da nossa zona de conforto e nos deixa vulnerável às adversidades da vida.

Entretanto, (com muito esforço) podemos tentar enxergá-la por um outro ângulo, por uma outra perspectiva, experimentando novos óculos ou até mesmo mergulhando no mar de possibilidades que o período pós-demissão oferece.

Como Piper, podemos prestar mais atenção no mundo e no outro, nas pessoas com quem convivemos e extrair das nossas relações e experiências anteriores aprendizados que podem mudar nossa perspectiva de vida. Para encontrar nosso caminho, podemos tentar enxergar a vida com um novo olhar e construir novas possibilidades para nós mesmos.

Te sugiro a encarar a demissão como um novo tempo.

Um tempo de se autoconhecer – olhar pra si e identificar todas as potencialidades que você tem;

Um tempo de refletir e reconhecer que você pode melhorar em diversos pontos da sua vida;

Um tempo de realizar cursos que você sempre teve vontade de fazer e não fazia por falta de tempo;

Um tempo de tirar aquele projeto do coração e transformá-lo em negócio;

Um tempo de fazer de você o seu melhor negócio.

Ao invés de correr da onda assustadora, mergulhe nela e veja o que ela tem para te oferecer.

 

E, ao mergulhar, lembre-se do que disse o escritor Gustavo Tanaka em um de seus artigos:

Existe um lugar que é seu. Ninguém pode ocupar. Somente você.

Encontre seu lugar!

Leave a Reply